sex., 26 de fev. | Póvoa de Varzim

Correntes d'escritas 2021 - 22º edição

Correntes d'Escritas, ou simplesmente Correntes, é um encontro anual de escritores de expressão ibérica que decorre durante o mês de Fevereiro na Póvoa de Varzim. Os escritores são provenientes de países e continentes onde se falam as línguas portuguesa e espanhola, desde a Península Ibérica, passan
Os ingressos não estão à venda
Correntes d'escritas 2021 - 22º edição

Horário e local

26 de fev. 19:00
Póvoa de Varzim, Póvoa de Varzim, Portugal

Sobre o evento

O primeiro encontro realizou-se em Fevereiro de 2000, ano em que se assinalou o Centenário da Morte de Eça de Queirós, nascido na cidade. O encontro foi ganhando notoriedade ano após ano e hoje é o maior evento literário em Portugal[1] onde são lançados vários livros pelos autores e respectivas editoras e tem potenciado a tradução de livros em português para espanhol e vice-versa. Momentos importantes do encontro são as "mesas" de debate e as visitas às escolas. Vários escritores ligaram-se ao evento, tais como o chileno Luis Sepúlveda, o português Rui Zink, o angolano Manuel Rui e o galego Carlos Quiroga.

A partir de 2004, passou a ser atribuído um prémio para novas obras em prosa ou poesia, em anos alternados, chamado Prémio Literário Casino da Póvoa. O prémio tem o valor de 20 000 euros e é também oferecida uma réplica da lancha poveira, símbolo da cidade e do mar entre os diferentes povos. A obra premiada é escolhida por um júri Ibero-Afro-Americano entre dez obras finalistas, que por sua vez foram seleccionadas a partir de centenas de obras recentemente editadas. É também atribuído o Prémio Correntes D'Escritas/Papelaria Locus para jovens escritores entre os 15 e 18 anos. O evento tem o apoio do Casino da Póvoa, da Novotel, da Norprint e do Instituto Cervantes.

Site para o evento

Compartilhe esse evento